Por Raphael Oliveira

Como seu cliente chega até você? De onde vem seu público? Você já fez esse mapeamento? Se ainda não fez, é preciso saber, investigar. Somente desta forma é possível responder as perguntas que virão em seguida para que possa definir as melhoras estratégias e o marketing de qualidade para alavancar os seus negócios.

Algumas das perguntas em sequência que viram seria: meu canal de marketing está dando resultado? Em qual canal é melhor investir para atrair mais clientes?

No total temos 8 tipos de públicos e segmentar, levando-se em consideração seus interesses é fundamental. Vamos então tentar conseguir identificar de onde vem os clientes? Tente desta forma:

  • Mensure suas vendas e cadastre seus clientes;
  • Faça o rastreamento, daí é possível saber de onde estão vindo;
  • Tenha números de WhatsApp diferentes para diferentes mídias;
  • Ofereça voucher para saber por onde seu cliente te encontrou.

    Depois que descobriu de onde seus clientes estão vindo, é preciso seguir com próximo passo: saber quem são eles. Para Peter Drucker, considerado um dos pais da Gestão de Empresas, é preciso conhecer o perfil de quem à gente vende (porém não é isso o que acontece hoje com muitas das empresas), ou seja não dá para “vender para todos mundo”. Segundo Larry Page, CEO do Google e um dos homens mais ricos do mundo, negócios que possuem bons atendimentos aos clientes saem na frente dos seus concorrentes.

Em seguida agir, é preciso identificar qual o canal de marketing ideal, que pode ser compreendido como qualquer ponto de contato em que o cliente possa ter a com a sua empresa. Compreendendo este conceito, é bem mais simples entender onde é preciso focar. Além das redes sociais digitais (como facebook, Instagram ou Twitter), temos:

  • Loja física;
  • E-mail marketing;
  • Móbile: Aplicativos, interações móbile, push notifications, SMS marketing e WhatsApp;
  • Canais off-line (outdoors, impressos, cinema e etc);
  • Equipe comercial ativa.

É bem comum acontecer que mais de 80% de seus clientes venham apenas de um dos canais. E, não há nada de errado nisso. É preciso ter feeling para entender então que, quando antes compreender este ponto, mais fácil ficará para trabalhar a construção de novos canais e formatos, compreendendo o que cada um pode entregar. Conseguindo trabalhar de forma ativa para captação de novos clientes, ver qual está dando mais retorno e investir 80% nela e pulverizar o restante para testar outras mídias.  Ressalto a possibilidade de grande retorno financeiro nos dias atuais, por meio de um investimento mínimo na rede social digital, principalmente agora com o mundo do trabalho remoto.

Gostar de vender não é o suficiente, você̂ também tem que saber vender e isso passa por identificar quais são esses públicos e quais são os mais promissores para o seu negócio. Quer saber mais sobre seus clientes? Eu posso te ajudar. Me chame aqui nos comentários (coluna DNA Empresarial do Jornal Metropolitano).

 

Raphael Oliveira é consultor de gestão, formado em Administração de Empresas e Sistemas de Informações pela UEM – Universidade Estadual de Maringá/PR. MBA em Gestão de Projetos; e Finanças pela FGV/SP. É diretor da Northcomm Consultoria em Gestão Estratégica e membro do Conselho Gestor do SindiplastES – Sindicato das Indústrias Plásticas do Espírito Santo.