Por Raphael Oliveira

 

Nos tempos de isolamento social muitos tiveram mais tempo livre e aproveitaram para realizar o aprimoramento profissional que resulta em condutas que contribuirão para alavancar seus negócios. Depois, o Brasil começou a colocar em vigor a flexibilização gradual e controlada das regras da quarentena contra o novo Corona vírus, mas setores como o comércio, amargaram durante os primeiros meses da pandemia, perdas históricas de faturamento, infelizmente.

Tanto é assim que o Brasil é um dos países do G20 (grupo das maiores economias do mundo) que terá a recuperação econômica mais difícil, depois que superar a crise provocada pelo Covid-19. Esse apontamento é da pesquisa Recovery Capacity Index, feita pela consultoria Verisk Maplecroft.  O resultado é um encolhimento na economia que deve ficar em torno de 7% neste ano.

Desta forma, vivemos um período que estamos trocando o verbo de “isolar” para “distanciar” socialmente, onde começam as interações, obedecendo as condutas de segurança para evitar que mais pessoas sejam contaminadas pelo vírus.

E você empresário/empreendedor conseguiu aproveitar bem o momento da quarentena? Já estudou todos os cursos que apareceram? Ou se sentiu improdutivo? Cansado, desmotivado? Todo mundo já passou por todos ou alguns desses estágios, né? Pois então, a boa notícia é: está em tempo!

O aprimoramento profissional pode e deve ser um processo contínuo, levando em consideração que os produtos e serviços oferecidos se tornem obsoletos ou perca seu poder de atratividade ao longo do tempo.

Assim, seguem orientações para quem ainda está mais tempo em casa ou mesmo retomando as atividades para que avance em sua capacitação:

– Organize um Planejamento

Programe horários de estudo, tenha um local apropriado, quieto e sem distrações.

– Vá progredindo aos poucos

Evite a exaustão, aumente a carga de estudos devagar.

– Não perca oportunidade

Aproveite que há muitos cursos na web em plataformas gratuitas. Para quem quer investir alguma grana é possível encontrar opções ainda melhores.

– Faça cursos de idiomas ou de assuntos específicos

Escolas virtuais tradicionais como a Udemy e a Duolingo – e até instituições de ensino superior – como a USP e Fundação Getúlio Vargas – oferecem cursos de idiomas ou de economia, gestão, marketing e programação.

– Descanse

Ninguém é de ferro. Momentos de descanso, também fazem parte do planejamento de trabalho e ajudam na fixação do conteúdo que acessou.

E então empresário já tentou fazer uma reflexão sobre quem é a pessoa que você irá se tornar para que o seu negócio chegue ao nível mais elevado?

Quer isso para a sua empresa também? Então, chame-nos aqui. Podemos ajudar.

Raphael Oliveira é consultor de gestão, formado em Administração de Empresas e Sistemas de Informações pela UEM – Universidade Estadual de Maringá/PR. MBA em Gestão de Projetos; e Finanças pela FGV/SP. É diretor da Northcomm Consultoria em Gestão Estratégica e membro do Conselho Gestor do SindiplastES – Sindicato das Indústrias Plásticas do Espírito Santo.