Por Raphael Oliveira

E a economia dá algum sinal positivo. O Índice de Confiança da Indústria (ICI) avançou 12,2 pontos em julho, quando comparado ao mês passado, alcançando 89,8 pontos. Apesar dos avanços, o índice ainda está muito abaixo do nível pré-crise do novo Corona vírus, o Covid-19, que era de 101,4 pontos, em fevereiro. Neste mês também, 62,4% das 2,776 milhões de empresa do Brasil informaram que a pandemia do novo Corona vírus afetou negativamente suas atividades, de acordo com o IBGE.

Entraremos o mês de agosto ainda com a economia em desaceleração, em meio a um “novo normal”, com extinção de atividades e incremento de outras. Dificuldades que servem para nos despertar e servir de aprendizado para alinharmos nossos negócios para maiores rendimentos.

E você conhece as formas de gerar receita para seu negócio neste momento? Há algumas pistas que podem indicar qual o melhor modelo de acordo com o ramo e o perfil de seu empreendimento ou empresa.

Vamos então para algumas sugestões para melhorar a receita:

  1. Funil de vendas ou perpétuo – São aquelas vendas diárias, por exemplo, feitas no supermercado, não há o chamado gatilho de escassez: “à gente só dá valor quando perde”. É porque nunca teremos esta perda, sempre haverá consumo.
  2. Lançamento – Quando lançamos um produto, acontece um pico de venda, depois vai estabilizando. Pode acontecer, de não ser bem-sucedido, mas vale à pena correr o risco, de preferência, “calculado”, no investimento. Daí é prestar atenção de como é realizado o processo, principalmente, por meio de suas redes sociais digitais.
  3. Recorrência – Aqui o cliente consume continuamente o seu produto como, por exemplo, na assinatura da Netflix, mantendo os clientes e outros vão aderindo ao longo do tempo.

Além de identificar os modelos, vale verificar os segmentos de maior potencial, as tendências e as projeções para os próximos meses. Essa pode ser uma chance de montar um plano de negócios e uma estratégia para ir se adaptando.

Comento aqui alguns segmentos de boas perspectivas e de opções para aumentar receita neste momento de distanciamento social e crise econômica, sofridas com a pandemia, que nos angustia. São segmentos mais resilientes e novidades de alto potencial de crescimento, que podem dominar o mercado.

Os supermercados, drogarias e farmácias, planos e empresas (artigos hospitalares) de saúde, seguros de vida, telemedicina passam por uma boa fase. Entretenimento online – apesar de queda dos índices de shows de lives – e nutrição, por meio de produtos fit e orgânicos, também seguem avançando.

O setor de tecnologia também em alta, especialmente do ponto de vista comercial e profissional. Aplicativos e softwares mostraram seu valor com robustez.  São muitas empresas implementando as vendas on-line, escolas adotando cada vez mais a educação a distância e o home office, com as ferramentas para trabalho remoto, que parece que veio para ficar.

Internet banda larga e telefonia, produtos de limpeza e os produtos de prevenção a epidemia, como os nossos já companheiros álcool em gel e máscaras, devem estabilizar as vendas, mas seguem em alta. Enfim, é este o cenário de modelo e segmentos que podem levar ao rumo adequado de seu negócio ou empresa.

E você? Usa algum desses modelos de Geração de Receita ou utiliza outro? Qual?

Precisa de ajuda para implementar? Me chame aqui, posso te ajudar.